Chá de Jambolão – Excelente para diabéticos

Separei neste artigo informações importantes sobre o Jambolão (Jamelão), seus benefícios para a saúde, propriedades, modos de uso, efeitos colaterais e contraindicações.

O jambolão, também conhecido como jamelão, guapê, brinco de viúva, azeitona preta e outros nomes, é um fruto muito popular no Brasil.

A árvore, originária do Sul da Ásia e de regiões australianas, pertence à mesma família da pitanga e da goiaba. De nome científico Syzygium Cumini Lamarck, a planta pode chegar aos 10 metros de altura em sua maturidade e produz frutos com um formato semelhante ao das azeitonas.

Estes ficam com uma coloração roxa quando estão maduros, prontos para serem consumidos. O fruto possui uma semente única e grande, quando comparada com o tamanho do fruto, envolta por uma polpa carnosa.

Apesar de sabor um pouco adstringente, é agradável ao paladar. Na Índia, além de ser consumido in natura, é usado na confecção de doces e tortas.

Agora você irá aprender de suas propriedades, benefícios e muito mais…Continue acompanhando este artigo que acabo de preparar para você!

Vamos começar citando os benefícios:

Através do consumo frequente do jambolão, será possível combater uma série de doenças. Porém, o benefício maior, é a diminuição dos níveis de glicose no sangue e na urina.

Pessoas que sofrem com problemas de diabetes, são as mais indicadas a fazerem uso desse medicamente 100% natural. Segundo estudos recentes, o jambolão ainda é capaz de matar as células leucêmicas.

Se você comer o jambolão diariamente, também será possível evitar problemas vasculares, assim como doenças crônicas e o envelhecimento precoce das células.

Alguns compostos antioxidantes encontrados na fruta protegem o organismo dos agentes que podem causar futuramente um câncer no estômago ou nos intestinos.

O poder adstringente do jambolão também é bem conhecido e a fruta, bem como o chá feito com suas sementes, é indicada até para pessoas com diarreia.

Uso do jambolão:

É mais indicado o consumo do jambolão in natura, pois conseguimos nos beneficiar de todas as propriedades medicinais que ele contém.

Sendo essas indicações mais importantes para: diabetes, prisão de ventre, distúrbios gástricos e pancreáticos, disfunções nervosas, estimulante gastrintestinal e gases.

Mas está se tornando muito comum também o consumo da fruta em compotas e doces, que devem ser consumidos com cautela pois contém açúcar.

Vinhos, geleias e tortas também podem ser feitas com a fruta, que é aproveitada até na fabricação de vinagres especiais.

Um chá também pode ser feito com as sementes da fruta.

Suas propriedades:

Cada parte do jambolão possui um tipo de propriedade importante, por isso dividi suas propriedade em partes..

  • As folhas: são adstringentes e hipoglicemiantes. O extrato das folhas apresenta ação antiviral, anti-inflamatória, antibacteriana e antialérgica.
  • Os frutos: apresentam atividade antioxidante e ação hipoglicemiante.
  • A casca: do caule apresenta propriedades anti-inflamatória, anticancerígena, e hipoglicemiante.
  • O extrato das sementes: reduz danos no tecido cerebral de ratos diabéticos, além de apresentar atividade antifúngica e antibacteriana.

Como fazer o seu chá de jambolão?

O seu chá é feito através das folhas:

Em 1 litro de água coloque 1 colher de sopa da erva, leve ao fogo e quando levantar fervura, desligue, abafe e deixe descansar por 10 minutos. Coe e beba 2 xícaras ao dia.

Efeitos colaterais e contraindicações:

  • O consumo do chá não deve ser feito sem orientação médica.
  • Contra indicado para gestantes, lactantes e hipoglicêmicos.
  • Não foram encontrados efeitos colaterais nos materiais consultados.

Conclusão:

Podemos concluir que essa fruta tão conhecida e saborosa não é apenas um fruto qualquer….

Mas um fruto medicinal, que é tão potente que toda sua estrutura pode ser aproveitada para beneficiar nosso organismo. Ainda poderá ser um grande aliado para pessoas com problemas de diabetes, combatendo a glicose e melhorando a qualidade de vida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *